Archive for Março 2013

O comercial mostra exemplos de pequenas atitudes que ajudam a mudar o mundo como: incentivar a leitura infantil, andar de bicicleta, planejar a vida financeira e frequentar eventos culturais. Estas são algumas áreas onde o Itaú tem programas de patrocínio e incentivo.
A música da trilha sonora do filme é uma versão de Blubell para Change the World gravada originalmente por Eric Clapton, em 1996.

Gostou da voz da Blubell? ouça algumas músicas dela no SoundCloud.

Em fim o Itaú disponibilizou a versão completa da música "Change the World" para download!! Aqui está:
http://scup.it/2gfy

Assista ao comercial no YouTube na voz de Blubell
Ouça versão com Eric Clapton no YouTube          
Letra:
If I could reach the stars
Pull one down for you
Shine it on my heart
So you could see the truth
That this love I have inside
Is everything it seems
But for now I find
It’s only in my dreams
That I can change the world
I’d be the sunlight in your universe
You’d think my love was really something good
Baby, if I could change the world
If I could be king, even for a day
I would take you as my queen
I would have it no other way
And our love would rule
This kingdom we have made
Till then I’d be a fool, wishin’ for the day
That I can change the world,
I would be the sunlight in your universe.
You would think my love was really something good,
Baby if I could change the world.
Baby if I could change the world.
(guitar solo)
That I can change the world,
I would be the sunlight in your universe.
You would think my love was really something good,
Baby if I could change the world.
Baby if I could change the world.
Baby if I could change the world


Girl on Fire é o tema internacional do casal “torto” Bianca (Cleo Pires) e Ziah (Domingos Montagner).

Letra:
She’s just a girl, and she’s on fire
Hotter than a fantasy, lonely like a highway
She’s living in a world, and it’s on fire
Feeling the catastrophe, but she knows she can fly away
Oh, she got both feet on the ground
And she’s burning it down
Oh, she got her head in the clouds
And she’s not backing down
This girl is on fire
This girl is on fire
She’s walking on fire
This girl is on fire
Looks like a girl, but she’s a flame
So bright, she can burn your eyes
Better look the other way
You can try but you’ll never forget her name
She’s on top of the world
Hottest of the hottest girls say
Oh, we got our feet on the ground
And we’re burning it down
Oh, got our head in the clouds
And we’re not coming down
This girl is on fire
This girl is on fire
She’s walking on fire
This girl is on fire
Everybody stands, as she goes by
Cause they can see the flame that’s in her eyes
Watch her when she’s lighting up the night
Nobody knows that she’s a lonely girl
And it’s a lonely world
But she gon’ let it burn, baby, burn, baby
This girl is on fire
This girl is on fire
She’s walking on fire
This girl is on fire
Oh, oh, oh…
She’s just a girl, and she’s on fire


Foto: DivulgaçãoA organização do Rock in Rio 2013 divulgou nesta terça-feira o line-up completo dos artistas que se apresentarão no Palco Sunset. O espaço promove encontros inusitados de grades nomes a música, além de dar espaço para novos artistas nacionais e internacionais. Entre os destaques desta edição do festival estão The Offspring, Ben Harper, Rob Zombie e Living Colour.
Ao todo serão 26 artistas internacionais e os 28 encontros programados para os sete dias de festival terão início sempre às 14h40, em um palco de 44 metros de largura e 22 metros de altura, com boca de cena de 20 metros, sete a mais que o palco do último festival.
Outra novidade é o horário da última apresentação do Palco Sunset, que acontecerá por volta das 19h20, no intervalo após o primeiro show do Palco Mundo. Confira o line-up completo:
Sexta-feira -  13 de setembro
Orelha Negra + Flávio Renegado
Vintage Trouble + Jesuton
Maria Rita + convidado
Living Colour + Angélique Kid Jo
Sábado - 14 de setembro
BNegão + Autoramas
Marky Ramone + Michael Graves
Viva Raul Seixas com Detonautas + Zeca Baleiro + Zélia Duncan
The Offspring
Domingo - 15 de setembro
Aurea + The Black Mamba
Nando Reis + Samuel Rosa
Kimbra + Olodum
George Benson + Ivan Lins
Quinta-feira - 19 de setembro
Almah + Hibria
Sebastian Bach
Bullet For My Valentine
Rob Zombie
Sexta-feira - 20 de setembro
The Gift + Afroreggae
Mallu Magalhães + Banda Ouro Negro
Grace Potter + Donavon Frankenreiter
Ben Harper + Charlie Musselwhite
Sábado - 21 de setembro
Orquestra Imperial + Lorenzo Jovanotti
Moraes Moreira + Pepeu Gomes + Roberta Sá
Ivo Meirelles + Fernanda Abreu + Elba Ramalho
Gogol Bordello + Lennine
Domingo - 22 de setembro
André Matos + Viper
Destruction + Krisiun
Halloween + Kai Hansen
Sepultura + Zé Ramalho



A segunda edição brasileira do festival Lollapalooza será realizada no Jockey Club de São Paulo entre sexta-feira e domingo (dias 29, 30 e 31 de março).


A organização do evento espera reunir 60 mil pessoas por dia. Ainda há ingressos para cada uma das datas.
Se em 2012 o Lollapalooza teve como atrações foo Fighters, Arctic Monkeys, MGMT, Jane’s Addiction, Racionais MC's, entre outros, em 2013 o festival reunirá mais de 70 artistas.

The Killers (palco Cidade Jardim, sexta-feira, às 21h30)
Formado em Las Vegas, o grupo The Killers é liderado pelo galã Brandon Flowers e deve levar ao Lollapalooza hits dos discos “Hot Fuss”, “Sam’s Town”, “Day & Age” e do mais recente deles, “Battle Born”, de 2012. Sucessos como “Somebody Told Me” e “Mr. Brightside” são obrigatórios no setlist da banda e devem empolgar quem ficar até o final do primeiro dia.
The Black Keys (palco Cidade Jardim, sábado, às 21h30)
A dupla norte-americana Black Keys é formada por Dan Auerbach e Patrick Carney, que vem pela primeira vez ao Brasil para mostrar seu rock com influências de blues. A dupla estourou com o sétimo disco, “El Camino”, que traz faixas como "Lonely Boy" e "Run Right Back".
Pearl Jam (palco Cidade Jardim, domingo, às 20h45)
Um dos grupos mais experientes do festival, o Pearl Jam vai mostrar o poder do grunge em mais uma visita ao Brasil. Comandada por Eddie Vedder, a banda deve agraciar a plateia com hits da vasta carreira, iniciada em 1991, como “Alive”, “Jeremy”, “Even Flow”, “Do The Evolution”, “Love Boat Captain” e “World Wide Suicide”. Para fãs que querem reviver a adolescência nos anos 1990 e cantar palavra por palavra de todas as músicas.
Planet Hemp (palco Butantã, domingo, às 19h15)
O grupo carioca Planet Hemp, liderado por Marcelo D2, ficou famoso por misturar rock com rap, mas também é conhecido pela militância a favor da legalização da maconha. Os integrantes chegaram a ser presos nos anos 1990, acusados de apologia às drogas. Desde 2010, o grupo tem se reunido para alguns shows. Espere faixas como “Legalize Já” e “Dig Dig Dig (Hempa)”, do disco “Usuário”, álbum de estreia lançado em 1995.
Deadmau5 (palco Butantã, sexta-feira, às 20h)
O DJ canadense Joel Zimmerman, mais conhecido como Deadmau5 (pronuncia-se “dead mouse”), deve levantar a galera em uma das performances de música eletrônica mais aguardadas. O DJ já recebeu cinco indicações ao Grammy, levou três Juno Awards e tem experiência em fechar palcos de grandes festivais, inclusive a versão norte-americana do Lollapalooza.
Franz Ferdinand (palco Butantã, sábado, às 17h30)
Experientes em tocar para a plateia brasileira, o Franz Ferdinand foi fundado em 2002, em Glasgow, Escócia. Liderado por Alex Kapranos, o grupo tem vários hits dançantes como “Darts of Pleasure”, “Take Me Out”, “The Dark of the Matinée” e “Ulysses”, com inspiração no som de grupos de rock alternativo dos anos 1980, como o Talking Heads. As apresentações do Franz Ferdinand são conhecidas pela empolgação e são perfeitas para curtir com os amigos.
Criolo (palco Alternativo, sábado, às 20h15)
O paulistano Criolo canta e faz rap com agressividade e humor, sem perder as raízes brasileiras. Popularizou a expressão “Não Existe Amor em SP”, nome de uma das músicas de seu segundo disco, “Nó na Orelha”, lançado em 2011. Também é conhecido por ter fundado a Rinha dos MC's, evento que promove batalhas de improviso, shows e exposições de grafite e fotografias.
Queens of the Stone Age (palco Cidade Jardim, sábado, às 18h45)
Fundado na Califórnia, o Queens of the Stone Age popularizou o stoner-rock pelo mundo, gênero que mistura heavy metal com blues-rock e psicodelia. Josh Homme lidera o grupo e emprega sua voz macia em hits pesados como “No One Knows”, “Songs for the Dead”, “Go With The Flow” e “Feel Good Hit of the Summer”.
Major Lazer (palco Perry, domingo, 19h45)
Fã declarado de música brasileira, o DJ e produtor Diplo traz seu projeto eletrônico Major Lazer ao Lollapalooza. Diplo é famoso por ter trabalhado com nomes pop de peso como M.I.A., Snoop Lion (novo nome de Snoop Dogg) e no retorno do grupo No Doubt.
Alabama Shakes (palco Alternativo, sábado, 17h30)
Com apenas um disco, “Boys & Girls”, o Alabama Shakes recebeu três indicações ao Grammy 2013 e emplacou vários singles nas listas dos mais tocados. Formado em Athens, Alabama, o grupo está em atividade desde 2009 e se orgulha por misturar influências musicais como southern-rock, blues e o clássico rock’n’roll.
Ainda há ingressos disponíveis, que vão de R$ 175 (meia-entrada para um dia) a R$ 990 (passaporte no valor inteiro para os três dias). Para comprar, acesse o site do Lollapalooza Brasil .


Certas músicas precisam de apenas alguns segundos para serem identificadas. Algumas nem isso. Em menos de um segundo eu reconheci a música da propaganda da Coleção Inverno da Lança Perfume (nem conhecia esta marca) .
Este superclássico do início dos anos 80 é “Major Tom” (Coming Home), do alemão Peter Schilling. Até a pessoa com a menor referência musical, mas que estava vivo nesta época reconhece os primeiros acordes de Major Tom. Pode até não saber que música é ou quem está cantando, mas reconhece a música.

Assista ao Fashion Film no YouTube
Assista ao clipe de Major Tom – Peter Schilling       Faça download no iTunes


Lado A da versão brasileira do Vinil
O ano é de 1989 em plena House Music e Acid House. As pistas de dança fervilhavam ao som destes ritmos e começavam a aparecer grupos que construiam seus hits como Tim Simenon do Bomb The Bass ou então o M/A/R/S/S e o Pop Will Eat Itself, todos fazendo samplers de vozes e trechos de musicas que foram sucesso nas decadas de 70 e 80.


Mas no meio disto tudo surgiu uma idéia de se recorrer e porque não aos anos dourados da década de 50 e 60. Esses hits eram conhecidos como 'Pop Oldies' e como até hoje são cultuados por serem as raizes doRock and RollLes Hemstock teve a ideia de criar um megamix que reuni-se todos esses sucessos envolvendo Rock And Roll, RockabillyDoo WoopTwist, Surf Music,BluesMusica Pop e Swing e entregou nas mãos do DJ Mastermix Andy Pickles para executá-lo.
Andy Pickles ainda contou com a colaboração de seu pai John Pickles que era o dono da gravadora e gerente da banda e também Rebecca Male, que tinha um relacionamento com John Pickles e esteve bastante envolvida na produção dos Medleys.

Para isso foram buscar sucessos de artistas que revolucionaram as decadas de 50 e 60 como Little RichardsJerry Lee LewisBill HalleyChubby CheckerThe SurfarisChris MontezChucky BerryDel ShannonElvis Presley entre outros transformando os grandes hits destes notáveis artistas em megamixes com ritmo apropriado para as pistas de dança e também uma boa pedida em festas de casamento, que agrada desde os cinquentões até o público jovem. 
FICHA
"Jive Bunny And The Mastermixers - The Album"
Data de Lançamento:
 1989

Faixa-a-Faixa:

Lado A01. Swing The Mood 6:08
02. Rock And Roll Party Mix 3:47
03. Lover's Mix 5:40
04. Do You Wanna Rock 6:06

Lado B
01. That's What I Like 5:25
02. Glen Miller Medley 3:48
03. Swing Sisters Swing 5:20
04. Hopping Mad 5:56


Produção: The Mastermixers
Edição: The Mastermixers
Engenheiro de som:
The Mastermixers
Compilado por : Andy Pickles & Ian Morgan
Gravado e mixado: Music Factory Recording Studios

Gravadora(Brasil): RCA

Capa do Tape
Para completar se utilizaram de um mascote representado por um coelho e que apareceria tanto na capa dos álbuns e singles como nos video-clipes. Uma jogada de marketing e tanto que vendeu ao todos 15 milhôes de cópias entre seus álbuns e
singles.

O resultado foi bombástico. Eles chegaram ao topo das paradas do 'Uk Singles Chart' com seus três primeiros singles, 'Swing The Mood' que faz um medley do Glen Millerrevivendo os áureos tempos das Big Bands,'That's Sounds Good To Me' e 'That´s What I Like It' como uma introdução do tema do seriado 'Hawaii 5.0' seguida pelas músicas 'Lets Twist Again', 'Lets Dance', 'Wipeout', 'Great Balls Of Fire', 'Johnny B Goode', 'Good Golly Miss Molly', 'The Twist', 'Summertime Blues', 'Razzle Dazzle', 'Runaround Sue' e 'Chantilly Lace'.

Logo após lançam 'The Album' reunindo mais megamixes inclusive um somente de músicas lentas chamado 'Lovers Mix'.
Curiosidades:

Na Europa a equipe do Jive Bunny não teve problemas para reunir os artistas originais em seus medleys, porém para o mercado americano tiveram que fazer algumas regravações com covers de alguns artistas devido a direitos autorais.
O Projeto seguiu adiante no ano de 1990 com o 2o álbum 'It´s Party Time' reunindo também ritmos como o Can Can na faixa 'Can Can You Party'.



Tim Maia nasceu e cresceu na Tijuca, onde, junto com Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Jorge Ben Jor, começaria a traçar um caminho que mudaria a cara da MPB. O Síndico, como era conhecido, colecionou inúmeros sucessos, como 'Me Dê Motivos', 'Do Leme ao Pontal', 'Primavera' e 'Gostava Tanto de Você'.
Tim venceu o prestigiado Prêmio da Música Brasileira na categoria de melhor cantor por seis anos: 1988, 1990, 1992, 1993, 1995 e 1997.
Mas em 1998 o cantor se despediu do público deixando uma multidão de fãs. Durante uma apresentação no Teatro Municipal de Niterói, Tim Maia passou mal e teve que deixar o palco numa ambulância. Após complicações cardiovasculares, ele ficou internado durante uma semana, vindo a falecer no dia 15 de março de infecção generalizada.

Mesmo anos depois da morte, seu nome rende mais de duzentas mil buscas por ano no Google e sua música permanece viva como trilha sonora de festas, sonhos e paixões de milhões de fãs espalhados pelo mundo.


Jorge e Mateus 
Dia 15 de Março, na Associação Rural, abertura às 22hs
Pontos de venda:Farmácias Mais Ecônomicas e Lojas Multisom
1º Lote
Pista: R$20,00
Aréa Vip: R$40,00
Camarote: R$70,00
Onstage(open Bar) : R$100,00



Raça Negra 

Um dos mais importantes grupos de pagode do país estará em Pelotas em breve. Dia 23 de março, no Centro de Eventos, a partir das 23h, a banda paulista Raça Negra colocará o público pelotense para dançar. 

Os ingressos já estão a venda na Abastecedora Modelo e Farmácias Mais Econômica. Pista a partir de R$20,00; Front Vip a partir de R$50,00; Mezanino open bar a partir de R$70,00; Mesa setor A a partir de R$300,00 e Mesa setor B a partir de R$200,00. 

Venda on-line www.blueticket.com.br. Informações pelo (54)3028.2200 ou www.morphine.com.br. 



Roberto Carlos


DATA: 13 de abril de 2013
HORÁRIO: 21:00
Abertura dos portões: 19h
LOCAL: ESPORTE CLUBE PELOTAS
Para saber detalhes sobre o local do show clique aqui

INGRESSOS JÁ A VENDA

INGRESSO RÁPIDO
Pelo telefone: 4003.1212
Pela internet: http://www.ingressorapido.com.br/

PONTO DE VENDAS:
Loja Renner (Rua Andrade Neves, 1835)
Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 8h30 às 19h30
Formas de pagamento: cartão de crédito todas as bandeiras, cartão de débito e dinheiro. (Exceto Banrisompras)
*sem cobrança de taxa

DESCONTOS:
Clube do Assinante: desconto de 50% para os 100 primeiros titulares do Cartão do Clube. Assinante ZH e para os demais 10% para titular e acompanhante. (Exceto Gramado Azul).
Idosos: desconto de 50%, mediante a apresentação de documentos. (Exceto Gramado Azul).
*Ingressos comercializados com desconto somente no Ponto de Venda físico e mediante a apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário tanto no momento da compra quanto na entrada do evento.


Jesuton é uma cantora Britânica que começou a fazer sucesso cantando nas ruas do Rio de Janeiro e com videos de pessoas que assistiram as suas apresentações que foram postos em sites como YouTube.
A cantora veio para o Brasil no inicio de 2012, com o objetivo de fazer sucesso, ela foi descoberta logo em seguida que seus videos foram postados na internet pelo apresentador Luciano Huck (em menos de quatro meses), ela foi também contratada pela gravadora Som Livre para gravar o seu álbum de estudio.

theo-morena-salve-jorge jesuton
Notícia foi dada pela autora Glória Perez  em seu twitter. A música  ”I’ll Never Love This Way Again”, tema do romance dos personagens Morena e Théo, será interpretada pela talentosa cantora inglesa Jesuton.
Glória contou em seu twitter a novidade e disse que Jesuton gravou no fim de semana a música, que entrou na trilha da novela ontem. ( confira a versão de Jesuton abaixo )
“I’ll Never Love This Way Again” é uma música da cantora Dionne Warwick.
Glória em seu twitter: “ Entāo é isso: o amor de Morena e Theo cantado por Jesuton. A gravaçao original é da Dionne Warwick: escolhi bem? :-) “
Confira o vídeo com a interpretação de  Dionne Warwick da música  ”I’ll Never Love This Way Again”

Letra da Música

You looked inside my fantasies and made each one come true,
something no one else had ever found a way to do.
I've kept the mem'ries one by one, since you took me in;
and I know I'll never love this way again.

I know I'll never love this way again,
so I keep holdin' on before the good is gone.
I know I'll never love this way again,
hold on, hold on, hold on.

A fool will lose tomorrow reaching back for yesterday;
I won't turn my head in sorrow if you should go away.
I'll stand here and remember just how good it's been,
and I know I'll never love this way again.

I know I'll never love this way again,
so I keep holdin' on before the good is gone.
I know I'll never love this way again,
hold on, hold on, hold on.

I know I'll never love this way again,
so I keep holdin' on before the good is gone.
I know I'll never love this way again,
hold on, hold on.

Tradução da Música

Você olhou dentro de minhas fantasias e realizou cada uma
Algo que ninguém jamais descobriu como fazer
Eu guardei as recordações uma por uma, desde que você me abrigou
Eu sei que eu nunca amarei deste modo novamente

Eu sei que eu nunca amarei deste modo novamente
Então eu continuo segurando antes que o bom se vá
Eu sei que eu nunca amarei deste modo novamente
Espere, espere, espere

Um tolo perderá o amanhã
Tentando alcançar o ontem
Eu não baixarei minha cabeça em lamento
Se você deveria ir embora

Eu sei que eu nunca amarei deste modo novamente
Então eu continuo segurando antes que o bom se vá
Eu sei que eu nunca amarei deste modo novamente
Espere, espere, espere

Eu sei que eu nunca amarei deste modo novamente
Então eu continuo segurando antes que o bom se vá
Eu sei que eu nunca amarei deste modo novamente
Espere, espere, espere

Assista ao clipe oficial de Jesuton:

Related Posts with Thumbnails