#FelizDiadosNamorados

Filed in


12 de junho, dia dos namorados no Brasil. Para comemorar esta data tão bonitinha vamos compartilhar a história de amor de vários casais rock´n´roll. Entre um vício em drogas aqui, um soco na cara ali, veja a porção de Romeu e Julieta dos pombinhos abaixo:

Johnny e June
É proibido falar em histórias de amor sem citar Johnny Cash June Carter, provavelmente uma das maiores epopéias romântica do rock. Já famoso e viciado em drogas, Johnny se apaixona por June Carter, a maior estrela country dos EUA, na época. June também se apaixona por Johnny, mas a primeira mulher do cantor, Vivian (Ginnifer Goodwin), o segundo casamento de June e a crescente dependência de Johnny a drogas e bebida os mantêm afastados por muitos anos.
Em turnês com Elvis Presley e Jerry Lee Lewis, a paixão de Johnny e June Carter resiste por quase uma década, mesmo depois do divórcio de June. Quando June decide finalmente ficar com Johnny, a vida de Mr. Cash chega ao fundo do poço com problemas financeiros de saúde e sua prisão. Mesmo assim, ficaram juntos por 35 anos.


Paul e Linda
Em 67, Paul McCartney conheceu  a fotógrafa Linda Eastman, numa festinha em Londres. Não demorou muito para os dois começarem um relacionamento e se casarem. Após a separação dos Beatles, Linda não quis saber de ficar em casa, e se tornou parte da carreira de McCartney. Participou dos Wings e tocou piano em shows e discos solos de Paul. Ficaram juntos e felizes até a morte de Linda, vítima de câncer.


Sid e Nancy
O casal é uma versão punk de Romeu e Julieta. Sid Vicious já era baixista dos Sex Pistols quando conheceu Nancy Spungen, que era groupie de bandas como Aerosmith, The New York Dolls e Ramones. O namoro durou só 11 meses, mas foi o suficiente pra devastar a vida de ambos. Além do abuso de heroína, Sid deixou a banda para viver em Nova York com a amada. Em 1978, aos 20 anos, Nancy foi encontrada morta a facadas no banheiro do quarto de hotel em que moravam. No ano seguinte, Sid morre de overdose de heroína, aos 21 anos de idade.

John e Yoko
John Lennon conheceu a artista plástica japonesa Yoko Ono em 68, e em 20 de março de 1969 já se casaram. A relação, segundo a lenda, foi a responsável por acabar com os Beatles.  Verdade ou não,  eles permaneceram inseparáveise em campanhas pela paz, contra a guerra do Vietnã e por mudanças sociais que ganharam notoriedade e divulgaram os ideais da contracultura hippie até a morte do músico, em 8 de dezembro de 1980.

Kurt Cobain e Courtney Love
A versão grunge do casal Sid e Nancy.  Esta é mais ou menos uma definição para o caso de amor entre Kurt Cobain, guitarrista, vocalista do Nirvana, e Courtney Love, do Hole. Eles se conheceram quando Courtney ainda namorava o vocalista dos Smashing Pumpkins, Billy Corgan. Após um namorico, Kurt e Courtney casaram-se em 92 e naquele mesmo ano nasceu a filha, Frances Bean Cobain. Afundados pelo uso de heroína e empilhando overdoses, o casal estava afastado quando Kurt suicidou-se com um tiro na cabeça, em 1994. Há teorias que afirmam que a morte foi homicídio, e apontam Courtney como responsável.
Pattie Boyd e George Harrison/ Eric Clapton
Pattie conheceu George durante as gravações de A Hard Day’s Night, dos Beatles. Apenas dois anos depois, em 66, eles se casaram. Porém, a vida de Pattie também se cruzou com a de Eric Clapton. Eric e George eram amigos íntimos, e é assim que começa uma das histórias de amor mais conturbadas da história do rock and roll. Pattie deixou George por Clapton, com quem se casou em 27 de Março de 1979, e se divorciou em 88.
Brody Dalle e Josh Homme
Um dos casais mais legais e rock´n roll. Eles se conheceram em 2003, pouco tempo depois de Brody ter se divorciado de Tim Armstrong, do Rancid. Em 2004 já namoravam quando Homme expulsou do Queens Of The Stone Age Nick Oliveri depois que ele “foi fisicamente abusivo à sua namorada”. Eles oficializaram a união em 2007, hoje estão felizes, e grávidos da segunda filha.
CURIOSIDADE: Certa feita, em uma entrevista para Conan O’Brien, Daniel Redcliff, o eterno Harry Potter, revelou que já ficou sem dormir por causa da musa do Distillers. Falou também que não devia ter se expressado dessa forma, porque agora vai ficar com medo do Josh Homme. “Soube que ele atacou um cara num pub só porque chegou para conversar com ela. Ele é grandão.”
Jack e Meg White
A intimidade da dupla que formou o White Stripes sempre foi um mistério. Quando surgiram, se chamavam de irmãos, depois foi noticiado que eles haviam sido casados. No filme Under Great White Northern, de 2010 (abaixo),  mostra que, apesar de sempre afirmar que eles são irmãos, eles foram casados no passado e que, ao que parece, a meg ainda não conseguiu superar isso.
Mick Jagger e Marianne Faithfull
Marianne era a gata do momento, e ele o príncipe da efervecente cena londrina nos anos 60. Conheceram-se numa festa e decidiram abandonar seus respectivos parceiros para irem morar juntos.
Marianne experimentou todas as drogas disponíveis enquanto acompanhava Rolling Stones, até eles adarem aquela mãozinha e a transformarem numa cantora. Quando o amor do casal Jagger-Faithfull terminou, ela não abandonou os Stones e começou um relacionamento com Keith Richards.

Nico e: Lou Reed, Jim Morrison, Brian Jones, Iggy Pop, Alain Delon e Bob Dylan e etc.
Ninguém pode dizer que a Nico não se divertiu nesta vida. A modelo, atriz e cantora alemã acabou mais famosa pelos casos que teve com músicos e artistas famosos do que pelos discos e filmes que lançaria.
Um dos mais antigos romances foi o ator Alain Delon, com quem ela teve seu Filho. A criança foi criada a maior parte do tempo por vovô e vovó Delon, já que o pai insistiu em negar sua paternidade. 
Enquanto estava assinada com o selo inglês Immediate Records, ela se relacionou com Brian Jones, do Rolling Stones. Assim que se mudou para Nova York e se associou ao Velvet Underground, deu uns pegas no Lou Reed (que lhe expulsou da banda posteriormente).
Mas outros affairs aconteceram com a passagem de Nico pelos Estados Unidos, como Bob Dylan, John Cale, Jim Morrison, Iggy Pop, tudo regado a muito rock e heroína.
Nico faleceu em 88, em Ibiza, vítima de uma hemorragia cerebral.

Posted by Paulo Studio2002 @ domingo, 12 de junho de 2011 0 comments

Share This Post

RSS Digg Twitter StumbleUpon Delicious Technorati

Related Posts

0 Comments

No comments yet. Be the first to leave a comment !
Leave a Comment

"O grande segredo para a plenitude é muito simples: compartilhar." --Sócrates

Música é vida!

Next Post Previous Post
Related Posts with Thumbnails