SAMBÔ - Não Deixe O Samba Morrer




Quando eu não puder
Pisar mais na avenida
Quando as minhas pernas
Não puderem agüentar
Levar meu corpo
Junto com meu samba
O meu anel de bamba
Entrego a quem mereça usar
Eu vou ficar
No meio do povo, espiando
Minha escola
Perdendo ou ganhando
Mais um carnaval
Antes de me despedir
Deixo ao sambista mais novo
O meu pedido final
Antes de me despedir
Deixo ao sambista mais novo
O meu pedido final
Não deixe o samba morrer
Não deixe o samba acabar
O morro foi feito de samba
De Samba, prá gente sambar...

Posted by Paulo Studiow @ segunda-feira, 28 de maio de 2012 0 comments

Share This Post

RSS Digg Twitter StumbleUpon Delicious Technorati

Related Posts

0 Comments

No comments yet. Be the first to leave a comment !
Leave a Comment

"O grande segredo para a plenitude é muito simples: compartilhar." --Sócrates

Música é vida!

Next Post Previous Post
Related Posts with Thumbnails