Fim do mundo em 10 músicas

Filed in


De Roberto Carlos e Metallica aos Rolling Stones, veja (e ouça) como o apocalipse foi tratado em letras de canções



R.E.M. – "It’s the End of the World as We Know It (And I Feel Fine)" - Música de 1987 que ajudou o R.E.M. a se transformar em banda grande. "Isso é ótimo/ Começa com um terremoto/ Pássaros e cobras/ Um avião" - assim Michael Stipe inicia a canção. A letra nervosa contrasta com o ritmo frenético e contagiante da música, uma das mais dançantes da carreira da banda. 
Metallica – "The Four Horsemen" - Paulada que é um dos destaques de "Kill 'Em All', o primeiro disco do Metallica, a música faz referência ao texto bíblico sobre os quatro cavaleiros do apocalipse. A letra foi escrita originalmente por Dave Mustaine (com o título "The Mechanix"), que saiu do Metallica e formou o Megadeth.
Muse – "Apocalypse Please" -  Faixa grandiosa do sempre grandioso Muse, é quase um épico sobre o final dos tempos. A banda já chegou a dizer que a letra aponta o dedo para o fanatismo religioso. "Isso é o fim/ O fim/ Isso é o fim/ Do mundo/ É hora de vermos um milagre/ Vamos, é hora de algo bíblico", diz a música.
Rolling Stones – "Gimme Shelter" -  Clássico dos clássicos dos Stones, lançado dentro do mítico disco "Let It Bleed", de 1969. Escrita por Mick Jagger e Keith Richards, a faixa é encoberta por uma sombra apocalíptica criada pela Guerra do Vietnã. "Uma tempestade ameaça/ Minha vida hoje/ Se eu não conseguir algum abrigo/ Sim, eu irei desaparecer".
Tom Waits - "The Earth Died Screaming" - A música tem o mesmo título de um filme britânico de 1965 (e é homônima de uma canção do grupo UB40). Faz parte de "Bone Machine", um dos principais discos de Waits, recheado de canções sombrias.
Roberto Carlos - "Apocalipse" -  O Rei, autor inesgotável de canções que celebram o amor, a amizade e a vida, também tratou do fim do mundo. "Perto do fim do mundo/ Quem quer correr não pode/ Onde há fumaça, há fogo/ Quando a verdade explode/ Muitos não querem ver/ Mentes em eclipse/ Mas tudo está escrito/ No Apocalipse". Saiu no disco de 1986 de RC.
Raul Seixas – "O Dia em que a Terra Parou" -  Canção que dá nome ao sétimo disco de Raul Seixas. Na música, o cantor conta que sonhou com "O dia em que todas as pessoas/ Do planeta inteiro/ Resolveram que ninguém ia sair de casa/ Como que se fosse combinado em todo 
o planeta/ Naquele dia, ninguém saiu de casa, ninguém".
CPM 22 – "Um Minuto para o Fim do Mundo" -  "Um minuto para o fim do mundo/ Toda sua vida em 60 segundos/ Uma volta no ponteiro do relógio pra viver". O fim do mundo, aqui, é uma metáfora para a falta que uma garota faz. "Quando estou com você/ Sinto meu mundo acabar/ Perco o chão sob meus pés/ Me falta ar pra respirar/ Só de pensar em te perder por um segundo/ Eu sei que isso é o fim do mundo"
The Doors – The End -  Uma das mais emblemáticas e fortes canções da banda de Jim Morrison, foi composta originalmente como uma despedida para ma amiga. Mas a canção foi tomando corpo  e outros significados com o passar dos anos e com a intensidade de suas interpretações ao vivo. "Este é o fim/ Bom amigo/ Este é o fim/ Meu único amigo, o fim/ Dos nossos planos elaborados, o fim/ De tudo o que está de pé, o fim/ Sem segurança ou surpresa, o fim".
Paula Toller e Sandy - "E o Mundo Não se Acabou" -  O mundo não acabou? Os maias estavam errados? Assis Valente compôs esta canção em 1938, e ela foi gravada por diversas vozes, como Carmem Miranda e Adriana Calcanhotto. E por Paula Toller, que a interpretou ao lado de Sandy.

Posted by Paulo Studiow @ sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 0 comments

Share This Post

RSS Digg Twitter StumbleUpon Delicious Technorati

Related Posts

0 Comments

No comments yet. Be the first to leave a comment !
Leave a Comment

"O grande segredo para a plenitude é muito simples: compartilhar." --Sócrates

Música é vida!

Next Post Previous Post
Related Posts with Thumbnails