Vendas de discos nos EUA têm pior registro em décadas

Número apresentado na semana é dez vezes menor que na década passada.
Presidente da Universal considera últimos dias como os mais fracos da história.

Nos últimos, várias megastores da Virgin foram fechadas 
devido à crise fonográfica
Nos últimos anos, várias megastores da Virgin
foram fechadas nos EUA (Foto: AFP)

A indústria fonográfica americana vendeu 4,984 milhões de discos na última semana de maio, o menor número desde 1994, quando a empresa Nielsen Soundscan começou a levantar esses dados.

O número inclui novos lançamentos e álbuns já lançados, explicou nesta sexta-feira (4) a Nielsen Soundscan em comunicado. No ano passado foram vendidas 5,76 milhões de unidades na mesma semana. O recorde de vendas durante uma semana ocorreu no final de dezembro de 2000, com 45,4 milhões.

Meios de comunicação especializados, como a revista "Billboard", especulam a possibilidade de o volume atual ser o mais baixo desde o início da década de 1970, levando em conta as estimativas que existiam antes da criação da Nielsen Soundscan.

"Acreditamos que seja a semana mais fraca da história, pelo menos da era Soundscan", disse à "Billboard" o presidente da gravadora Universal Music Group, Jim Urie.

Em formato digital, foram comercializadas durante esta semana 21,7 milhões de músicas.

Posted by Paulo Studiow @ sábado, 5 de junho de 2010 0 comments

Share This Post

RSS Digg Twitter StumbleUpon Delicious Technorati

Related Posts

0 Comments

No comments yet. Be the first to leave a comment !
Leave a Comment

"O grande segredo para a plenitude é muito simples: compartilhar." --Sócrates

Música é vida!

Next Post Previous Post
Related Posts with Thumbnails