Mistério: por que a maioria das músicas tem 4 minutos?

Filed in ,


Imagem
Um estudo interessante foi conduzido ano passado sobre a duração média de uma canção. O pesquisador analisou milhares de canções pertencentes a várias coleções e determinou que a duração média era quase que exatamente de 4 minutos – sem muita variação. As do gênero Punk eram mais curtas, as Techno mais longas, e Rock e Pop por volta daquela marca.
E, a maioria dos sucessos segue a mesma regra: preste atenção na abrangente parada ‘Ultimate 100’ do site BigChampagne, ou ouça uma estação de rádio terrestre, e a duração das músicas têm, tipicamente três e quatro, por vezes cinco minutos.
Rádio
Mas por que isso? E, as plataformas digitais estão mudando isso lentamente? Nessa altura do campeonato, ainda é difícil de dizer, apesar da rádio estar tendo um papel vital nessa discussão. Se você quer um sucesso mais apelativo para as rádios, você precisa jogar por certas regras, incluindo restrições de duração. As faixas mais curtas são mais comuns e mantém os ouvintes mais atentos, mais vivos e menos propensos a mudar de estação. E elas são mais adequadas para entrar em alta rotação.
Mas ainda assim, por mais potente que a rádio tradicional seja, ela permanece sob ataque por todos os lados. Isso não só inclui aplicativos como o Pandora, mas também iPods e smartphones, aonde o comprimento da canção é bem menos importante. Afinal, é da sua coleção que estamos falando: é a sua trilha sonora, sem interrupções comerciais e flexibilidade ilimitada. Então quem se importa se uma faixa tem 3 ou 30 minutos?
O Novo Rock n’ Roll
O eletrônico, por assim dizer, é ‘o novo rock n’ roll’. O gênero oferece uma evidência muito concreta dessas mudanças. DJs como Kaskade, deadmau5, Skrillex e Mord Fustang não estão preocupados com restrições de tempo, a menos que haja um mix para as rádios ou uma colaboração com um nome do pop envolvidos. E esse é um formato em ascensão aonde o ‘long play’ é muitas vezes a norma.
Apenas observe as multidões de pessoas indo a festas de música eletrônica por toda parte. Isso é tudo menos música pop de 3 minutos, e tais grupos são formados quase que inteiramente por um público bem jovem. Essa é uma parcela da população acostumada a pular faixas, usar a função shuffle, e usar fones de ouvidos brancos. Essa não é uma revolução sendo transmitidas por ondas terrestres de rádio.(...)
Esta matéria pode ser lida na íntegra no site do LoKaos Rock Show:
http://lokaos.net/misterios-da-producao-fonografica-por-que-a-maioria-das-musica...
Versão completa desta matéria: Site do LoKaos Rock Show

Posted by Paulo Studiow @ domingo, 14 de agosto de 2011 0 comments

Share This Post

RSS Digg Twitter StumbleUpon Delicious Technorati

Related Posts

0 Comments

No comments yet. Be the first to leave a comment !
Leave a Comment

"O grande segredo para a plenitude é muito simples: compartilhar." --Sócrates

Música é vida!

Next Post Previous Post
Related Posts with Thumbnails