Roberto emociona Jerusalém

Filed in



Eram exatamente 20h43 em Jerusalém (14h43 pelo horário de Brasília), quando as luzes se apagaram e a voz de Roberto Carlos (70) pode ser ouvida pelas mais de seis mil pessoas que o aguardavam nesta quarta-feira, 7, na Terra Santa. Ele ainda não estava no palco para cantar, mas, sim, para passar uma mensagem sobre a cidade, destruída 17 vezes e reconstruída 18.
Somente quando a emocionada Glória Maria apresentou o show, com a voz embargada, quase sem conseguir falar, é que o Rei surgiu, todo de branco, para levar o público às lágrimas com Emoções.
“Não tenho muitas palavras para um momento como este. Então, vou cantar, que é o que eu sei fazer”, disse Roberto, emendando os sucessos Além do Horizonte Como Vai Você. “Gosto de falar de amor, cantar o amor. Amor sublime, de pai, mãe, irmão. Toda forma de amor vale uma canção”, declarou para dar início à lindíssima Como é Grande o meu Amor por Você.
A cada nova música, o Rei consegue surpreender os fãs. Dedilhando o violão, sentado em um banquinho, ele cantouDetalhes em português, espanhol, italiano e inglês. “Este é um momento complicado do show para mim porque eu nunca cantei esta música em tantos idiomas”, revelou.
Ao interpretar Ave Maria garantiu mais um momento que vai ficar na memória do público para sempre. Não apenas pela interpretação perfeita, mas pelo conjunto da obra: o cenário, que reproduz os lugares sagrados de Jerusalém, mudou de cor, e show de luzes feito por Patrick Woodroffe - que já trabalhou com Michael Jackson e Rolling Stones -, completou o espetáculo. “Somos todos frutos do ventre de uma mulher e do incondicional amor de mãe”. Com essa fala, Roberto suspirou, hesitou e começou a cantar Lady Laura, sendo mais uma vez aclamado pelos privilegiados presentes.
"Não me atrevo a cantar em inglês, meu inglês é de 'cais do porto'", disse o Rei, quando se preparava para cantarUnforgetable. Durante a música, convidou Gloria Maria para dançar coladinho. "Nunca faço isso, mas aqui é diferente".
Antes de cantar Caruso, o rei confessou que nunca havia pensando em interpretar a música, porque não tem o agudo forte dos grantes cantores italianos. "Mas  resolvi cantar do meu jeito", disse.
Acompanhado de um coral e de músicos de cordas israelenses, o Rei cantou Jerusalém de Ouro, que disse ter conhecido em São Paulo. Enquanto cantava a primeira estrofe em português, o público o acompanhava em hebraico. No segundo verso, Roberto mudou para a língua local. Foi um dos momentos mais emocionantes do show.
Com Jesus Cristo, e com toda a plateia de pé, Roberto encerrou o show. "Obrigado, Jerusalém. Amém!", disse o Rei, antes de partir para a tradicional distribuição de rosas brancas e vermelhas.
O show de Roberto Carlos em Jerusalém teve direção de Jayme Monjardim e será exibido no próximo sábado, 10, na Globo.

Posted by Paulo Studio2002 @ quarta-feira, 7 de setembro de 2011 0 comments

Share This Post

RSS Digg Twitter StumbleUpon Delicious Technorati

Related Posts

0 Comments

No comments yet. Be the first to leave a comment !
Leave a Comment

"O grande segredo para a plenitude é muito simples: compartilhar." --Sócrates

Música é vida!

Next Post Previous Post
Related Posts with Thumbnails