Porque algumas músicas pegajosas grudam na nossa mente

Filed in


Às vezes, basta alguém cantar uma vez algum refrão, para ele ficar na sua cabeça pelo resto do dia – e da noite – e talvez do próximo dia.
Conhecidos como “vermes de ouvido”, esses trechos aleatórios de músicas ou melodias que grudam em nossas mentes e se repetem como um disco quebrado podem ser um pouco irritantes.
Então é bom saber que eles são uma experiência incrivelmente comum: estudos sugerem que 90% das pessoas passam por isso pelo menos uma vez por semana.
Durante a última década, os pesquisadores passaram algum tempo coletando dados para saber quem fica com vermes de ouvido, quantas vezes isso ocorre, quanto tempo eles duram e quais músicas não grudam em nossos cérebros.
Agora, um novo estudo britânico tentou compreender suas origens. Eles observaram como os vermes de ouvido, que os psicólogos chamam de imaginário musical involuntário, começam.
Os pesquisadores coletaram dados de 604 pessoas que completaram um questionário online. Depois de analisar as respostas, eles identificaram quatro principais causas de vermes de ouvido.
A mais comum foi a exposição à música, seja ter ouvido uma música recentemente ou repetidamente ouvi-la. A segunda razão é que desencadeia a memória, o que significa que ver uma determinada pessoa ou palavra, ouvir uma batida específica, ou estar em uma determinada situação o lembra de uma canção.
A terceira razão para vermes de ouvido é o quadro emocional da sua mente, ou “estado afetivo”. Sentir-se estressado, surpreso ou feliz quando você ouve uma música pode fazê-la ficar em sua cabeça.
E uma quarta causa foi um estado de atenção baixa. Uma mente dispersa, seja por devaneios ou sonhos, pode ser um gatilho para esse imaginário involuntário musical.
Inicialmente, os pesquisadores estavam surpresos com a frequência dos vermes de ouvido. Depois, acharam que faz sentido, uma vez que essas músicas espontâneas na mente parecem ser uma consequência típica e diária do caminho que nosso cérebro processa música.
E tem como controlar os vermes de ouvido? Por enquanto, ninguém sabe como. E você, o que faz quando tem uma música grudada em sua cabeça?

Posted by Paulo Studiow @ quarta-feira, 16 de novembro de 2011 1 comment

Share This Post

RSS Digg Twitter StumbleUpon Delicious Technorati

Related Posts

1 Comment

Comments

Ora! Eu aproveito e canto, ué?! kkkkkk

Leave a Comment

"O grande segredo para a plenitude é muito simples: compartilhar." --Sócrates

Música é vida!

Next Post Previous Post
Related Posts with Thumbnails